01340017.jpg
HOME
Março 2019
The election of Dilma Rousseff as Brazil's first woman to drape Brazil's presidential sash offers President Obama a second chance to improve bilateral relations. Timing is everything. While it seemed that Presidents Lula and Obama hit it off wonderfully, their public gestures were not accompanied by any substantive results.

Indeed, Washington and Brasilia failed to coordinate a unified approach to the coup that interrupted democracy in Honduras in 2009. Nearly a year later, Washington's strident reaction to the Brazil-Turkey-Iran agreement on uranium enrichment revealed just how far off course bilateral relations have sailed since Obama's own inauguration in 2009.

The election of Rousseff reminds the Obama administration and the Washington foreign policymaking establishment that things have changed, and that U.S. foreign policy must make adjustments to Brazil's rising stature in the world and influence over foreign affairs. It is no longer prudent to treat Brazil as only a regional power in South America.

It deserves greater attention and U.S. foreign policy success is now increasingly contingent on forging innovative, issue specific alliances with such pivotal and democratic nation-states as Brazil, India,Mexico,South Africa, and Turkey along with the rest of the G20.

CLICK HERE - Spread the word: Ask 5 of your friends to call too!

1245941647dream-circle-buttonpin_mainThanks for calling Congress and urging your Senator to support the DREAM Act! Now, please ask 5 of your friends to do the same! We need to flood Congress with our voices and make sure DREAM becomes a reality. Just enter in your name and number, and 5 of your friends’ cell phone numbers and we’ll send them a text from you, asking them to call Congress and support the DREAM Act.


ACT NOW !
sao-felix-do-araguaia-pedro-casaldaligaO bispo emérito de São Félix do Araguaia, dom Pedro Casaldáliga, de 83 anos de idade, está internado em Goiânia (GO) onde passa, hoje, por mais uma avaliação. Ele ficou uma semana num hospital de Ceres (GO) e foi para a capital do estado para novos exames.

Segundo o padre Paulo Gabriel, dom Pedro Casaldáliga “está com o coração muito fraco, além de precisar passar por uma cirurgia na próstata”. Esse procedimento, no entanto, não deve ocorrer em menos de um mês, devido ao seu delicado estado de saúde.
Dom Pedro Casaldáliga é conhecido pelas lutas em que sempre se engajou, tais como a reforma agrária, a proteção aos índios, contra o trabalho escravo ou pela integração da América Latina. Quando bispo de São Félix do Araguaia, em setembro de 1970, escreveu uma denúncia sobre o trabalho escravo, com o título "Feudalismo e escravidão no norte do Mato Grosso" e, em outubro de 1971, por ocasião da sua ordenação episcopal, lançou a carta pastoral intitulada "Uma Igreja da Amazônia em Conflito com o Latifúndio e a Marginalização Social".

Está tudo preparado no campus Betim (MG), da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) para o 1° Encontro Brasileiro de Universitários Cristãos (EBRUC). O evento acontece entre os dias 09 e 11 tem como objetivo “conectar” as várias expressões de seguimento cristão presentes no meio universitário, em um encontro que reunirá a juventude universitária para refletir sobre a ação evangelizadora no meio acadêmico.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, por meio de sua Presidência, congratula-se com o Povo Brasileiro pelo exercício da cidadania na realização do primeiro turno das eleições gerais, quando foram eleitos os representantes para o Poder Legislativo e definidos os Governadores de diversas unidades da Federação, bem como o nome daqueles que serão submetidos a novo escrutínio em 2º turno, para a Presidência da República e alguns governos estaduais e distrital. A CNBB congratula-se também pelos frutos benéficos decorrentes da aprovação da Lei da Ficha Limpa, que está oferecendo um novo paradigma para o processo eleitoral, mesmo se ainda tantos obstáculos a essa Lei tenham de ser superados. Entretanto, lamentamos profundamente que o nome da CNBB - e da própria Igreja Católica – tenha sido usado indevidamente ao longo da campanha, sendo objeto de manipulação. Certamente, é direito – e, mesmo, dever – de cada Bispo, em sua Diocese, orientar seus próprios diocesanos, sobretudo em assuntos que dizem respeito à fé e à moral cristã. A CNBB é um organismo a serviço da comunhão e do diálogo entre os Bispos, de planejamento orgânico da pastoral da Igreja no Brasil, e busca colaborar na edificação de uma sociedade justa, fraterna e solidária. Neste sentido, queremos reafirmar os termos da Nota de 16.09.2010, na qual esclarecemos que “falam em nome da CNBB somente a Assembléia Geral, o Conselho Permanente e a Presidência”. Recordamos novamente que, da parte da CNBB, permanece como orientação, neste momento de expressão do exercício da cidadania em nosso País, a Declaração sobre o Momento Político Nacional, aprovada este ano em sua 48ª Assembléia Geral. Reafirmamos, ainda, que a CNBB não indica nenhum candidato, e recordamos que a escolha é um ato livre e consciente de cada cidadão. Diante de tão grande responsabilidade, exortamos os fiéis católicos a terem presentes critérios éticos, entre os quais se incluem especialmente o respeito incondicional à vida, à família, à liberdade religiosa e à dignidade humana. Confiando na intercessão de Nossa Senhora Aparecida, invocamos as bênçãos de Deus para todo o Povo Brasileiro. Brasília, 08 de outubro de 2010 P. nº 0849/10 Dom Geraldo Lyrio Rocha
Arcebispo de Mariana
Presidente da CNBB Dom Luiz Soares Vieira
Arcebispo de Manaus
Vice-Presidente da CNBB Dom Dimas Lara Barbosa
Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro
Secretário Geral da CNBB
O governador David Paterson,  tornou lei o projeto que estabeleceu direitos e benefícios minimos para babás e trabalhadores domésticos de NY,.

Com a assinatura da lei, domésticas (os) terão garantidas horas extras após 40 horas de trabalho por semana, pelo menos um dia livre por semana e pelo menos 3 ausências remuneradas por ano, além de proteção contra assédio sexual e violência doméstica.



Cidade do Vaticano  - Enquanto o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, está em Washington em tratativas sobre o processo de paz entre israelenses e palestinos, o presidente isralense Shimon Peres encontra-se em Castel Gandolfo, para pedir ao Santo Padre também apoio.     

No foco das conversas está ainda um acordo sobre questões econômicas entre Israel e a Santa Sé, para o qual, segundo o comunicado da Sala de Imprensa vaticana, "se espera uma rápida conclusão". As discussões dizem respeito aos temas da violência, à melhoria da vida da população da região, ao diálogo inter-religioso e à peregrinação do Papa na Terra Santa, em 2009. Trata-se de uma segunda visita do presidente Peres a Bento XVI - a primeira aconteceu em 2007.

O acordo negociado sobre questões econômicas entre Israel e a Santa Sé diz respeito a uma série de tratados sobre a segurança legal e fiscal para as propriedades da Igreja Católica em Israel. O programa da visita do presidente israelense incluía um passeio nos Jardins de Castel Gandolfo, um encontro com o secretário de Estado vaticano e com o Santo Padre na biblioteca do Palácio Apostólico de Castel Gandolfo, na hora prevista para a visita de estado, às 11H.

Vejam o debate completo abaixo:



Pela primeira vez os canais de inspiração católica abriram espaço para um debate aberto e direto com quatro dos candidatos mais bem posicionados nas pesquisas: Dilma Rousseff, José Serra, Marina Silva e Plínio de Arruda Sampaio. A Rede Aparecida, a TV Canção Nova e a TV 3º Milênio, de Maringá, no dia 23 de agosto, mostrou ao Brasil as propostas daqueles que desejam ter o rosto, o pensamento e o coração do povo brasileiro.

madreteresacalcutaO papa Bento XVI lembrou, na quinta-feira, 26,  a "inestimável dádiva" que a madre Teresa de Calcutá foi para a Igreja e para o mundo. Se estivesse viva, a freira completaria 100 anos. O Vaticano divulgou uma carta, em que Bento XVI enviou a Mary Prema, a superiora geral das Missionárias da Caridade, ordem fundada por Madre Teresa.

O texto foi lido durante a missa realizada pelo arcebispo de Calcutá, Lucas Sirkar, na sede da congregação. Na carta o papa também convida às missionárias a continuarem o trabalho da freira albanesa "junto aos mais pobres dos pobres, aos doentes e às pessoas sós e abandonadas".

Para o pontífice, Madre Teresa "foi para o mundo o exemplo das palavras de São João: Amados, se Deus nos amou assim, nós devemos também amar-nos uns a outros. Se nos amamos uns aos outros, Deus permanece em nós, e seu amor se aperfeiçoa em nós".

©2007-2019 Comunidade Catolica Brasileira em NYC. All rights reserved. Website by Silicon Farm Design & IT Solutions | Credits